Farinha de Bolota Descascada, Terrius, 1 KG
  • Farinha de Bolota Descascada, Terrius, 1 KG

Farinha de Bolota Descascada, Terrius, 1kg.

20,00 €
Com IVA

Farinha de Bolota Descascada

100% BOLOTA INTEGRAL DESIDRATADA

Está à procura de uma farinha sem glúten? Experimente a farinha de bolotas!

A escolha de uma comida saudável implica, muitas vezes, conhecer qual a composição dos alimentos. Uma dieta nutritiva contribuirá para melhorar vários aspetos da sua vida e do seu corpo, contribuindo para uma pele radiante, um cabelo de sonho, a manutenção do peso e, globalmente, um corpo sadio. Produtos alimentares com conservantes, pesticidas ou sem riqueza nutritiva irão prejudicar o seu organismo, promovendo inflamações, gordura visceral, resistência à insulina e outros distúrbios metabólicos.


 

✅Tens dúvidas? Contacte-nos. info@shopmyseke.com ✅

Envios Gratuitos a partir de 150€ em produtos (Max.10Kg).

Portes de Envio a partir de 5€.

Aproveite Já!

#euficoemcasa

Continuamos a fazer entregas a domicilio, embora possam existir atrasos.

Muito obrigada pela sua compreensão.

Farinha de Bolota Descascada

A escolha de alimentos saudaveis e de origem natural pode fazer toda a diferença para quem deseja manter um corpo bonito e livre de doenças. Com comida saudavel e pratos preparados com os melhores ingredientes naturais, terá a possibilidade de aproveitar todo o sabor ao mesmo tempo que reduz a ingestão calórica, diminui o risco de alergias e de intolerância, minora o risco de obesidade e o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

Quer saber por onde começar? Comece por introduzir na sua dieta uma farinha sem glúten! Assim, irá preparar pães, bolos e sobremesas altamente nutritivos e com menos calorias. Compra aqui a farinha sem glúten certa para ti e delicie-se com os resultados.

Farinha de bolota, uma opção saudável e requintada

Embora o trigo tenha propriedades nutricionais muito apelativas, a farinha de trigo refinada trata-se, basicamente, de um amido sem fibras ou vitaminas, minerais ou proteínas. Deixe-se seduzir pelos alimentos saudaveis e escolha melhores alternativas, aproveitando outras variantes de farinha ou uma farinha sem glúten, como a farinha de amêndoas, de grão-de-bico ou de bolotas.

Sim! Leu bem. A farinha de bolota é um alimento natural, ideal para cozinhar diariamente. Tratando-se de um excelente ingrediente, delicioso e fácil de integrar nos preparativos da sua comida saudavel, este oferece grandes benefícios para o organismo e ajuda-o a manter-se em forma. Deixe-se conquistar por esta alternativa!

Um produto com inúmeros benefícios

A bolota é uma fruta silvestre semelhante à castanha, que cresce nos carvalhos. O seu uso na alimentação não é novo: este fruto era essencial na dieta grega, nórdica, dos nativos americanos e de algumas pessoas do Japão, que consumiam a bolota sob a forma de chás e de pães rústicos, feitos com a sua farinha.

Na ShopMySeke pode comprar a sua própria farinha sem glúten de bolotas. As opções que temos da casa Terrius são perfeitas para começar a desfrutar dos seus benefícios, tanto para a sua cozinha como para a sua saúde:

Como é uma fonte de proteína, este ingrediente vai fazer com que sinta uma maior saciedade;

Ele irá ajudar na redução do seu índice glicémico e contribuir para o controlo da produção de insulina;

A nível nutritivo, possui um elevado índice de cálcio, ferro, magnésio, potássio, fósforo e vitamina B6;

Trata-se de um poderoso antioxidante, que irá combater os radicais livres associados ao envelhecimento;

Com 60% de gorduras saudáveis, este alimento reduz o risco de cancro e de colesterol no sangue;

Utilize este ingrediente para fazer pão caseiro, para espessar os seus cremes e sopas ou para preparar deliciosas panquecas, bolachas, biscoitos e brownies.

Esta é uma forma fabulosa de criar pratos recheados de sabor, ao mesmo tempo que favorece o seu corpo. Compra aqui e delicia-te!

FARINHA DE BOLOTA INTEGRAL

Pode ser utilizada para confeccionar sobremesas, bolos e sopas, potenciar o sabor de cremes, polvilhar pratos de carne, juntar ao pão ralado para panar qualquer alimento e ainda para confeccionar puré de bolota, adicionando 2 partes de água ou de leite.

Pode ser usada no fabrico de pão.

Produto Isento de Gluten – GLUTEN FREE

Conservação: em lugar fresco e seco, até 1 ano após fabrico

Nota:

A bolota pode ser proveniente de azinheiras ou de sobreiros (ou ainda de outras espécies de Quercus), e tem um componente na sua constituição que são os taninos - que é um elemento que faz muito bem à nossa saúde, mas também tem um sabor amargo.

Por essa razão, nas bolotas mais amargas - que são as provenientes do sobreiro - muitas vezes são colocadas  de molho (em água), durante um dia ou dois, de forma que essa substancia se dissolva na água e “saia” da bolota - e nesse caso reduza o amargo.

Em relação à Terrius, usam apenas a bolota de AZINHEIRA (Quercus ilex e Quercus rotundifolia), por isso as suas bolotas são doces, porque têm menos taninos, e por essa razão não é necessário desamargar a bolota.

Informação Nutricional
por 100g
Energia 1552 kj
371 Kcal
Gorduras / Lipidos 8,5 g
dos quais saturados 1,5 g
Hidratos de Carbono 57 g
dos quais açucares 6,7 g
Proteínas 4,6 g
Sal 0,005/0,01 g

Receita de Pão caseiro com farinha de bolota

Receita de Pão caseiro com farinha de bolota

Ingredientes para fazer pão caseiro:

175 gramas de farinha de bolota

200 gramas de farinha de centeio

100 gramas de farinha de trigo

200 ml de água

40 - 50 ml de Azeite

1 colher de chá de sal

25 gramas de fermento de pão fresco

1 colher de sopa de mel

Dificuldade: Fácil

Tempo de Elaboração da massa: 30 minutos

Tempo De Repouso: Mínimo 16h a 24h dentro do Frigorífico

 

Preparação:

 

1. O primeiro passo do nosso pão caseiro será misturar os primeiros ingredientes secos – a farinha de trigo, bolota, centeio, sal (se quiser) e a levedura – numa tigela grande, preferencialmente de cerâmica ou de vidro.

 

2. Quando estes elementos estiverem misturados, deverá ir acrescentando água, lentamente, juntando seguidamente o azeite e o mel. Deverá obter, desta junção, uma massa homogénea.

 

3. Com o recurso a uma espátula ou às próprias mãos, deverá então misturar os ingredientes. Este processo não é complexo mas é delicado. Ainda assim, não hesite em pôr, literalmente, as mãos na massa.

 

4. Relembramos que os elementos devem sem misturados delicadamente, sem amassar. Assim que os ingredientes secos estejam devidamente hidratados, a massa estará pronta.

 

5. Depois de ter terminado a mistura da massa, chega a hora de deixá-la fermentar. Esta massa deve ser transformada numa bola, dando tensão à massa, para que fermente em bloco. Depois de feita esta bola, a massa poderá repousar na mesma tigela em que foi criada, durante uma hora. Ao final de uma hora, polvilhe a massa com farinha e cubra-a com um pano ou com película aderente. Caso opte pela película, faça alguns furos nesta capa com um palito. A massa irá fermentar de forma muito lenta, no frigorífico, entre 16 e 24 horas. No meu caso particular, deixei a massa fermentar durante 20 horas. A massa irá, como poderá ver, duplicar o seu volume durante o tempo de fermentação.

 

6. Depois de ter fermentado durante, pelo menos, 16 horas, poderá retirar a massa do frigorífico. Esta devera repousar à temperatura ambiente durante mais uma hora antes da cozedura.

 

7. Enquanto a massa repousa à temperatura ambiente, pré-aqueça o forno a cerca de 230 °C. O ideal será que, na primeira fase da cozedura (primeiros 10 a 15 minutos) se coza o pão a 230 ºC e com vapor, o que ajudará a conferir uma tonalidade dourada às barras de pão no forno.

 

Os fornos que não tenham a opção de cozinhar a vapor podem conseguir o mesmo efeito mediante a colocação de uma bandeja com água durante o pré-aquecimento ou com borrifos de água (em spray) nos primeiros minutos depois de colocar o pão caseiro no seu forno.

Não deixe de aproveitar o vapor, já que este é da maior importância para o sucesso da receita de pão caseiro.

 

8. Quando a massa de pão tiver repousado à temperatura ambiente durante uma hora, polvilhe farinha sobre uma superfície e nas suas mãos, abra a massa e acrescente se quiser nozes, chocolate ou algum tipo de algas, tudo bem cortado, em pedaços muito pequenos, moldando os pãezinhos. Poderá optar pelo tamanho dos pães de acordo com a sua preferência. No meu caso, optei por dividir a massa em 5/6 partes.

 

9. Antes de colocar os pães no forno para cozer, devem ser feitos alguns cortes no pão caseiro, recorrendo a uma faca ou estilete, polvilhando o pão com farinha crua. O pão deve ser colocado no forno imediatamente depois deste processo.

Uma vez que o pão esteja no interior do forno, este pão caseiro de fermentação lenta irá crescer de maneira imediata, e poderemos apreciar a forma como os cortes realizados começam abrir.

 

Em suma:

 

Este pão Caseiro de fermentação lenta com Farinha de Bolota é um pão muito crocante, com muito sabor e aroma muito diferente do pão a que estamos habituados a encontrar nas padarias, supermercados e hipermercados mas muito mais saudável e delicioso.

Este tipo de pão fornece um aporte energético significativo, que contribui para manter a sensação de saciedade por mais tempo. Ao contrário de um pão submetido a um processo rápido de fermentação – que não tem tempo para todas estas etapas possam acontecer – no nosso pão de fermentação lenta permite-se que as bactérias do ácido láctico dêem lugar a um processo natural, muito diferente do ciclo curto do pão comum, no qual a massa só incha para liberar dióxido de carbono.

Não espere mais, descubra como fazer pão caseiro e atreva-se a provar o melhor sabor sem ter trabalho nenhum, recorrendo ao maravilhoso segredo que é respeitar o tempo de fermentação. Bom apetite.

 Receita de Pão Caseiro com Farinha de Bolota

160120004

Também poderá gostar